Hidronefrose em Urologia Pediátrica

Sumário

A dilatação do sistema coletor renal, também conhecida como hidronefrose, é o inchaço de um ou ambos os rins. O inchaço do rim acontece quando a urina não pode drenar de um rim e, como resultado, se acumula no rim. Isso pode ocorrer a partir de um bloqueio nos tubos que drenam a urina dos rins (ureteres) ou de um defeito anatômico que não permite que a urina seja drenada adequadamente. É a alteração do trato urinário mais comum vista nas gestações . Geralmente, é leve e não traz consequências graves para a criança.

Hidronefrose (Dilatação) no rim esquerdo.

Introdução

A hidronefrose pode acontecer em qualquer idade. A hidronefrose em crianças pode ser diagnosticada durante a infância ou, às vezes, durante um ultrassom pré-natal antes do nascimento do bebê.

Sintomas

A hidronefrose nem sempre causa sintomas. Quando ocorrem, os sinais e sintomas podem incluir:

  • Dor na lateral e nas costas que pode viajar para a parte inferior do abdômen ou virilha
  • Problemas urinários, como dor ao urinar ou sensação de necessidade urgente ou
  • frequente de urinar
  • Nausea e vomito
  • Febre
  • Falha de crescimento, em bebês

Causas

Normalmente, a urina passa do rim através de um tubo chamado ureter que drena para a bexiga e depois para fora do corpo. Mas, às vezes, a urina faz backup ou permanece dentro do rim ou no ureter. É quando ela pode se desenvolver.

Algumas causas comuns de hidronefrose incluem:

  • Bloqueio parcial no trato urinário. Os bloqueios do trato urinário geralmente se formam onde o rim encontra o ureter. Menos comumente, podem ocorrer bloqueios onde o ureter encontra a bexiga.
  • Refluxo vesico-ureteral. O refluxo vesicoureteral acontece quando a urina flui para trás através do ureter da bexiga para o rim. Normalmente, a urina flui apenas de uma maneira no ureter. A urina que flui no sentido errado dificulta o esvaziamento adequado do rim e faz com que o rim inche.
  • Causas menos comuns de hidronefrose incluem cálculos renais, um tumor no abdômen ou na pelve e problemas com os nervos que levam à bexiga.

Diagnóstico

Seu médico pode encaminhá-lo a um médico especializado em condições que afetam o sistema urinário (urologista) para seu diagnóstico.

Testes para diagnosticar hidronefrose podem incluir:

Um exame de sangue para avaliar a função renal.
Um teste de urina para verificar sinais de infecção ou cálculos urinários que possam causar um bloqueio.
Um exame de imagem por ultrassom, durante o qual seu médico pode visualizar os rins, bexiga e outras estruturas urinárias para identificar possíveis problemas.
Um raio-X especializado do trato urinário que usa um corante especial para delinear os rins, ureteres, bexiga e uretra, capturando imagens antes e durante a
micção.
Se necessário, seu médico pode recomendar exames de imagem adicionais, como tomografia computadorizada ou ressonância magnética. Outra possibilidade é um teste chamado MAG3 scan que avalia a função e drenagem no rim.

Tratamento da hidronefrose

O tratamento depende da causa subjacente. Embora a cirurgia às vezes seja necessária, a hidronefrose na maioria dos casos se resolve sozinha.

Severidade da hidronefrose e tratamento:

  • Hidronefrose leve a moderada. Seu médico pode optar por uma abordagem de esperar para ver para ver se você melhora por conta própria. Mesmo assim, seu
  • médico pode recomendar antibioticoterapia preventiva para diminuir o risco de infecções do trato urinário.
  • Hidronefrose grave. Quando a hidronefrose dificulta o funcionamento do rim – como pode acontecer na hidronefrose mais grave ou na hidronefrose que envolve refluxo – a cirurgia pode ser recomendada para corrigir um bloqueio ou corrigir o refluxo.

Conclusão sobre hidronefrose em Urologia Pediátrica

A dilatação do sistema coletor do rim, também conhecida como hidronefrose, é o achado mais comum de alteração do trato urinário na gestação. Na maioria das vezes, é leve e tem resolução espontânea.


Nos casos graves, há geralmente uma doença subjacente como causa que merece ser investigada para avaliar a necessidade de cirurgia.
Se não for tratada, a hidronefrose grave pode levar a danos permanentes nos rins. Raramente, pode causar insuficiência renal. Mas a hidronefrose normalmente afeta apenas um rim e o outro rim pode fazer o trabalho para ambos.


Procure sempre seu médico urologista pediátrico para avaliação se for o caso.

Leia também:

cuidados pos operatorios
Informações ao Paciente
Dr. Anselmo Hoffmann

Cuidados pré-operatórios

Cuidados pré-operatórios: Haverá uma consulta pré-anestesica. Levar todos os exmes nesse dia. No dia do procedimento:  Levar roupas leves Ficar atento as orientações de jejum

Leia mais »