Cuidados em casa depois da cirurgia uropediátrica

Sumário

É comum os pais terem muitas dúvidas sobre os cuidados pós-operatórios das cirurgias em urologia pediátrica, ou seja, os cuidados em casa depois da cirurgia do seu filho.

Nesse artigo, eu procuro explicar detalhadamente e de maneira simples todos os cuidados depois da cirurgia que os pais devem ter em casa para que a recuperação pós-operatória ocorra naturalmente e sem complicações. 

É direcionado para crianças que vão para casa após a internação no hospital para uma cirurgia em Urologia Pediátrica.

Comer e beber

No primeiro dia, seu filho pode começar a comer uma dieta leve, como sucos, igurtes, sopas, mingau, frutas macias, sanduíches, massas e geleias. 

A partir do segundo dia, seu filho pode retornar à dieta habitual quando se sentir bem o suficiente.

Os bebês podem começar a amamentar ou beber fórmula ou água assim que acordarem do procedimento.

Os chamados “alimentos remosos” devem ser evitados no início.

Os alimentos remosos são aqueles ricos em gordura, óleos refinados, açúcares e sal. Devem ser evitados porque são inflamatórios e podem dificultar a cicatrização, além de causarem constipação.

Aqui está uma lista com alguns desses alimentos que devem ser evitados:

  • Refrigerantes e sucos prontos.
  • Frituras, como batata frita, pastel e outros salgados.
  • Fast food.
  • Carne de porco e carnes processadas/embutidos, como salsicha, presunto, linguiça, bacon, mortadela e salame.
  • Camarão, siri, lagosta.
  • Doces, biscoitos recheados, bolos, massas prontas para bolos, chocolates, barras de cereal.
  • Macarrão instantâneo, comida pronta congelada, sorvetes.

Constipação

A constipação é comum no pós-operatório e acontece porque o intestino fica mais lento durante a recuperação. 

Assim, uma dieta laxativa e com muitos líquidos é importante nesses primeiros dias. 

Se seu filho não conseguir ir ao banheiro durante 3-4 dias seguidos ou se o hábito intestinal estiver muito demorado para retornar ao normal, procure seu médico para orientações do que fazer.

Náuseas e vômitos

Não se preocupe se seu filho se sentir doente ou vomitar uma ou duas vezes depois de sair do hospital.

Se vomitar ou se sentir mal, pare de dar comida por cerca de duas hora e observe se ele melhora. Em seguida, tente uma dieta líquida se o seu filho conseguir ingerir sem se sentir mal.

Se seu filho continuar vomitando, procure a emergência do hospital ou entre em contato com seu médico.

Dificuldade para fazer xixi

Após uma cirurgia, seu filho pode experimentar dificuldade para fazer xixi nas primeiras vezes. Principalmente se for uma cirurgia na região genital, como fimose, por exemplo,

Mesmo que não haja qualquer manipulação na região da uretra (como na fimose, por exemplo, onde a cirurgia não mexe na uretra), ele pode ficar com medo e segurar o xixi. 

Isso é relativamente comum de acontecer. O que eu oriento nesses casos, é deixar a criança o mais confortável possível. Pegue no colo, acalme, faça leve massagem na região das costas e do abdome. Se ela entender, acalme e estimule a tentar faze xixi. Se mesmo assim, não conseguir, gosto de orientar a ir para um banho morno que também relaxa a criança e o ambiente facilita o xixi espontâneo.

A última opção seria a sondagem no hospital, mas nunca tive um caso em que a criança não conseguiu e precisou ir para o hospital passar a sondinha. Sempre eles conseguem com a ajuda e o carinho dos pais.

Curativo em casa

Se o seu filho tiver um curativo, siga as orientações do seu cirurgião para a limpeza e a troca.

Os curativos devem ser trocados diariamente em casa. Geralmente não é necessário contratar profissionais da área da saúde para esse procedimento. Os curativos são superficiais e simples de serem feitos. Lembre-se: o importante é manter o local da cicatriz limpo. 

Orientações para o curativo:

Procure deixar todos os itens da receita médica para o curativo já prontos. Se seu filho(a) for pequeno(a)/lactente, ele(a) pode necessitar ajuda de 2 ou 3 adultos pra segurá-lo durante o curativo. E natural ele(a) chorar bastante. Não se preocupe, ele não estará sentindo dor, apenas desconforto pois é uma situação nova pra ele(a) e fica mais sensível, reagindo sempre com choro. Contudo, se o curativo não foi feito adequadamente, podem haver complicações com infecção. Com 2 ou 3 adultos, 1 ou 2 pessoas pode mantê-lo(a) imóvel, cuidadosamente abraçando e segurando os braços e os joelhos (“abraço de urso”), enquanto o outro adulto tem liberdade para fazer o curativo bem feito, e de maneira mais rápida. Não é necessário esfregar ou apertar o sítio da cirurgia, mas apenas limpar com gazes molhadas no soro, secar e aplicar o novo curativo (com ou sem pomada, dependendo do caso).

Micropores manterão o curativo preso a pele. Evite que o micropore atinja muita área da pele para não doer na hora de removê-los no próximo curativo. Essa sensação pode ser mais desconfortável do que o próprio curativo.

Na cirurgia da fimose, por exemplo, é comum haver muito inchaço na ponta do pênis. Os pais não devem se assustar, pois logo esse edema vai sumindo. Recomendo a aplicação gelo com cuidado nas primeiras 24h depois da cirurgia. O gelo deve estar fraturado (picado) e ser aplicado enrolado em um pano para não haver queimadura pelo contato direto com a ferida. De 15 a 20 minutos de aplicação, 4 ou 5 vezes ao dia, por 2 dias está bem, ajuda a melhorar o edema.

A fibrina é uma alteração normal e esperada que acontece nas cirurgias de Fimose e outras cicatrizes na pele. Parece com uma “pele” ou  capinha amarelada, com aspecto de pus, mas não deve ser motivo de preocupação, mas, pelo contrário, é o leito para a reepitelização do tecido de cobertura da glande que está logo abaixo. Na pele, é conhecida com a popular “casquinha”, que fica sequinha e deve ser mantida, faz parte da cicatrização. Geralmente desaparece em até 10-12 dias (figuras de fibrina).

É comum sair um pouquinho de sangue ou secreção com cor de sangue (chamamos de secreção em “lavado de carne”) no primeiro ou segundo dias da cirurgia. Esse pequeno sangramento ou secreção devem ir reduzindo até cessar espontaneamente nos primeiros dias. Se houver sangramento intenso, contate seu médico ou procure a emergência do hospital mais próximo.

Os pontos geralmente caem todos sozinhos. A não ser que seu médico oriente a retirada.

Aqui está uma lista de alguns vídeos que irão ajudar a orientar a fazer o curativo em casa.

  • Curativo para fimose
  • Curativo para cirurgias no escroto
  • Curativo para cirurgias por videolaparoscopia/Robótica
  • Curativo para hipospádia
  • Curativo para cirurgia na região inguinal (hérnia/orquidopexia)
  • Curativo para cirurgia de rim

Uso das medicações em casa

Siga o uso das medicações conforme a receita fornecida pelo seu cirurgião. Ali constam as medicações e a maneira correta de usar. 

Não use doses extras além das recomendadas na receita porque podem causar consequências para a criança. Evite também acrescentar outros medicamentos por sugestão de amigos ou familiares. Na dúvida, consulte sempre seu cirurgião.

Repouso, atividade e liberdade para brincar

Como seu filho foi anestesiado, ele deve descansar nas próximas 24 horas com um adulto cuidando dele.

Nos próximos dias, não há necessidade de restrição de movimento. É difícil restringirmos a movimentação e a atividade dos pequenos. Eles estão livres para brincar, caminhar e engatinhar (se bebê). É difícil segurarmos os pequenos que são cheios de energia. Apenas ter cuidado para evitar brincadeiras de maior esforço ou de contato, como correr, pega-pega e futebol. O ideal é tem alguém sempre por perto para proteger de machucar a área de cirurgia.

Quanto aos pontos, eles são fortes, bem fixados por dentou ou na pele e dificilmente irão ceder com o movimento. As crianças também não irão “arrancar” os pontos ou a sonda (quando for o caso), que é o receio de muitos pais. Ao tocar na área cirúrgica, eles sentirão desconforto e evitarão. Os pontos ou a sonda estarão bem fixados e não saem facilmente.

Retorno para escola

O retorno para a escola depende da cirurgia.  Para cirurgia de fimose, no terceiro ou quarto dia após a cirurgia eles já podem retornar, mas com o cuidado de evitar brincadeiras e esportes de contato.

Cirurgias maiores merecem alguns dias a mais de repouso. Seu cirurgião vai lhe orientar nesse sentido.

Agende a revisão com seu médico

Lembre-se de agendar a consulta de revisão. Geralmente em 10-15 dias depois do procedimento. Tem que ligar no consultório para agendar, com uma consulta normal. Seu cirurgião saberá que é uma consulta para avaliação após a cirurgia.

Algumas cirurgias a revisão é antes. Seu cirurgião vai lhe orientar nesses casos também.

Se você estiver preocupado ou não tiver certeza sobre os cuidados em casa, entre em contato com o cirurgião do seu filho.

Quando procurar a emergência

Alguns sinais de saúde são importantes porque podem avisar que algo não está indo bem no pós-operatório. Geralmente denunciam uma infecção ou alguma complicação que pode acontecer com determinadas cirurgias mais complexas.

Os pais devem ficar atentos principalmente a febre, que é o sinal mais comum de uma infecção. Se isso acontecer, o ideal é procurar a emergência do hospital onde seu filho fez a cirurgia ou comunicar imediatamente seu médico. 

Outros sintomas são vômitos que não melhoram, choro incoercível da criança (que não cessa), que pode denunciar alguma complicação ou dor por uma obstrução urinária, por exemplo.

Se alguns desses sinais aparecerem, procure a emergência mais próxima ou tente contatar seu cirurgião.

Leia também:

Testiculos não descidos
Patologias
Dr. Anselmo Hoffmann

Testículo não descido

O que é um testículo não descido? Os testículos são formados dentro do abdômen e migram gradualmente para baixo, em direção à bolsa escrotal. Nas

Leia mais »
sistema urinário
Exames
Dr. Anselmo Hoffmann

Exames do sistema urinário

Exames do sistema urinário em urologia pediátrica Quais são os exames mais comuns em urologia pediátrica e porque eles são realizados? Os exames examinam diferentes

Leia mais »
cuidados pos operatorios
Informações ao Paciente
Dr. Anselmo Hoffmann

Cuidados pré-operatórios

Cuidados pré-operatórios: Haverá uma consulta pré-anestesica. Levar todos os exmes nesse dia. No dia do procedimento:  Levar roupas leves Ficar atento as orientações de jejum

Leia mais »